segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Amanhã o Negão toma posse...

Um presidente Pop Star, símbolo de mudança, bóia de salvação pros afogados dessa crise sem precedentes.

Obviamente os maiores responsáveis pela cagada toda, serão os primeiros a sair: os americanos.

Dentre outros motivos, porque num momento problemático como esse, eles veste a camisa azul vermelha e branca e se unem prá salvar o sonho.

Enquanto aqui qualquer merdinha que aconteça vem sempre alguém lembrar que "esse país é uma zona mesmo", nos Estadusumildes a merda explode no ventilador e nego faz campanha "Buy American". Ou seja, compre produtos que tenham na etiqueta "MADE IN USA", apoie a industria nacional, seja PATRIOTA.

"Imagine there's no countries, this isn't hard to do", aconselhava John Lennon, hoje a tal grobarizaçón faz com que o bater de asas de uma borboleta no deserto do Saara faça uma tempestade numa floresta brasileira, ou seja, os países ainda existem, mas as fronteiras são uma mania que temos de outra época.

E...

Dissonante que faço questão de ser, achei o máximo a campanha anti-campanha que seiláquem inventou, e que parece interessante alternativa à burra unanimidade atual:
FUCK AMERICAN !

Porque não ?
Fodam-se os caras, mesmo que num primeiro momento a gente se foda junto. Olha pro umbigo.
Pára com isso que a melhor alternativa é o Imperio não cair. Os árabes têm grana mas não sabem lutar... Os Chinas tão se achando mas com essa superpopulação do caraio é um barril de pólvora pra qualquer governante, Europa tem que descer do salto prá ser alguma coisa a mais, e a America Latina e do Sul que vão se reencontrar consigo mesmo nas florestas.

Abre-se uma oportunidade de alternativa ao sistema vigente. Ou será que é melhor continuar e usar este momento prá aprimorar o que existe ? Ou será que estou fumando demais esse negócio e deveria estar me preocupando com outras coisas ?

Mussum Forevis.

In Mé We Trust.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...