quinta-feira, 15 de outubro de 2009

É chegada a vez das Springers...



Não é de hoje que se percebe a presença de um número cada vez maior de frentes springer, em eventos e exposições de motos Brasil afora. Acima estão duas HDs que acabaram de ficar prontas, e ambas com frente springer aftermarket.

A 1ª é uma Sportster, de autoria da Brazil Custom aqui no RJ. Além de ter tido o quadro original modificado, interessante resultado final foi adquirido com o contraste entre o preto predominante no motor e chassis, versus a pintura de tanque e paralama, que é um flame discreto sobre a chapa de metal envernizada.

A 2ª é uma linda Night Train, que pertence ao meu amigo Gabriel. Essa customização de extremo bom gosto, que comprova a máxima "less is more", foi obra do Chrys Miranda, da Garage Metallica, em SP. Quem quiser ver o antes e o depois, é só dar uma olhada no blog da GM.

Nada supera um frente springer no quesito beleza. Mas como tudo na vida, e principalmente no mundo das motos, estilo e conforto raramente andam na mesma direção, logo há suas desvantagens. De cara, pode-se dizer que definitivamente elas não foram feitas para rodar em estradas tupiniquins, mas sim em tapetes estrangeiros. E, acredite, você percebe isso logo na primeira volta com ela. Bem, logo na primeira volta não, porque você ainda estará embriagado pela mística da mais bela peça de moto já produzida em série, ao menos na minha opinião.

Todavia, passado o êxtase inicial, você começa a se adaptar às peculiaridades da nova frente e descobre que, quando o asfalto é liso, é tranquilo, mas quando o asfalto é ruim, é uma merda. Se você é daqueles que gosta de andar forte, esquece... Mesmo no asfalto liso é muito mais fácil perder o controle em alta, do que comparado com uma frente hidráulica convencional. Basta uma curva esquisita, um leve desnível ou lombada para que ela comece a quicar, e você, a rezar...

Mas que ela é linda, ah isso é...

4 comentários:

Anônimo disse...

Simplesmente lindas essas duas motos, se melhorar estraga!

Claudio Dratwa disse...

Tô montando uma rabo duro já faz quase 2 anos. A primeira peça que eu comprei pra ela foi uma frente springer original HD. Ela tá ali num canto e eu não me canso de olhar pra ela...

Leonardo disse...

do caralho as 2 em....a brazil custom é muito foda...tem que ver a moto com trevo que eles fizeram...uma COISA...

springer realmente é a coisa mais foda de todas....

Ricardo disse...

Frente Springer é a coisa mais lind ado mundo mesmo, tinha uma Dyna com Springer com shocks, nunca tive problema nenhum de handling com ela, talvez seja por causa do amortecedorzinho, sei lá. E só pra comentar dois posts com um único comentário, ela era sem para-lamas dianteiro tb, coisa de loco, e o detalhe é que eu moro em Curitiba onde chove praticamente um dia sim, e no outro também!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...