sexta-feira, 16 de outubro de 2009

E por falar em frente springer...


Dê uma olhada na sábia ilustração do saudoso David Mann. Repare no singelo jatinho de água que sai do pneu e vai ao encontro da face do casal. Sabe qual é o nome disso???

Licença poética... Porque no mundo real é água pra caraio que vai na tua cara. É água limpa da chuva, é água e óleo do chão, enfim, é o caos. Quem já andou sem paralama dianteiro sabe o tamanho da roubada. Quem nunca andou, não faz idéia.

Hoje peguei minha pior chuva com a EVO, desde a instalação da frente springer sem o bendito paralama. Que sufoco... E olha que eu nem sei se choveu tanto assim, mas a sensação era que o mundo desabou. E eu nem preciso dizer que eu estava com meu super apropriado capacete 3/4 e um óculos fia da puta, que eu não conseguia desembaçar.

Então você pode facilmente imaginar a cena. Não dava para ficar de óculos porque bastava o trânsito ficar um pouquinho mais lento que ele embaçava, e enxergar sem os óculos com aquele jato d`água contínuo na cara era bem complicado. Como achei que poderia escapar da chuva se fosse mais rápido, preferi não parar e esperar passar. Doce ilusão...

Hoje de manhã eu até que tentei usar a equação climática do Lord, mas acho que o sono me impediu de raciocinar direito. Quando começou aquele lance de milímetros de precipitação o raciocínio começou a embolar e acabou que o precipitado fui eu.

Quanto ao paralama, eu até tenho um suporte próprio, que é teoricamente bem fácil de colocar e tirar. Só me falta mesmo é o paralama propriamente dito. Isto porque rodar com um pneu 130, aro 16 na dianteira e colocar um paralama de aro 21 é um atentado ao bom gosto. Sem contar que o Gabriel, dono da Night Train do post abaixo, tinha o mesmo suporte e ele não aguentou o tranco. Por alguma razão inexplicável o treco quebrou e quase que o Chrys compra terreno com a moto novinha.

Já há uma solução caseira adotada há muito lá fora (e que a ilustração do David Mann dá uma dica) que eu já vi funcionar por aqui também. O próprio Lord, em alguns muitos posts atrás colocou uma foto de uma springer com esse "paralama". Ao chegar em casa ensopado e com a cara camuflada, eu comecei a pensar numa alternativa mais prática e eficiente e acho que encontrei. Se der certo a solução tabajara eu faço um post aqui.

Agora em relação aos óculos, pqp... Já testei vários, de vários tipos e lentes, e TODOS, sem exceção embaçam na hora da chuva, ficando foda de dirigir. Se estiver de balaclava então fudeu, diminuiu um pouquinho, embaça imediatamente.

Alguém tem um óculos para indicar???

13 comentários:

Anônimo disse...

hehehe,...eu acho que esse tipo de moto que a gente curte, bem como capacetes 3/4 e óculos, definitivamente não foram feitos pra chuva, conforto e estilo, nesse caso, acho que são conflitantes...quanto ao comportamento do spray na parte superior da roda dianteira, retratado pelo artista, acho que está meio surreal...

Claous disse...

Olá!! Dica de quem já foi mergulhador! Uma boa salivada nas lentes, por dentro do óculos, funciona por um certo tempo. Mas a dica só dá certo se as lentes estiverem bem secas antes da saliva. Tenta ae!
Parabéns pelo blog!

Dalcin disse...

Oakley M-Frame, Lobo!
Uso a 5 anos, em viagens, cidade e etc... Nunca embaça.

Lobo disse...

Surreal???

Surreal é a quantidade de água que vai na sua cara, devido a falta do paralama.

É exatamente isso que acontece, só que a ilustração é estática, e no dinamismo da vida real, o pneu joga a água pra cima, mas como vc está andando na moto, a água vai toda pra cima de vc.

Faz um teste aí, rs...

Anônimo disse...

eu não vou fazer teste nenhum!!!! hehehe...sei que rola muita água...mas enfim é uma ilustração ...tudo é arte...abraço

Leonardo disse...

Claous disse...

Olá!! Dica de quem já foi mergulhador! Uma boa salivada nas lentes, por dentro do óculos, funciona por um certo tempo. Mas a dica só dá certo se as lentes estiverem bem secas antes da saliva. Tenta ae!

vc tem que tomar vergonha na cara e comprar o paralama e um capacete fechado....

(Iaiiiiiiiii!)

Cara de Mau disse...

ja usei até capacete fechado é a mesma merda... foi lama até o saco..

bobber é uma merda na chuva

mas pior que chuva é o escoto que vaza no asfalto e vc vê só encima e não dá tempo de fechar a boca, ou pior aquele caldo maravilhoso que o caminhão do Lixo solta quando fica muito tempo parado no lugar..



to com um oculos aqui mas ainda não peguei chuva com ele quando pegar se for bom eu posto ..

Lobo disse...

Nem me fala do esgoto...

Outro dia fui parar com a moto em cima da calçada pra poder desviar.

Juliano disse...

Lobo, quanto ao paralama, no way. Eu fiquei sem para pintar da mesma cor (pintei ai com o Magoo) e numa chuva besta de pista molhada foi o suficiente pra deixar a moto parada até acabar o serviço.

Quanto ao óculos, faça o seguinte. Limpa internamente com sabonete e não seque, vai passando até acabar a umidade e secar naturalmente. Funciona bem no óculos... a mesma dica serve para o vidro do carro.

Abs.

Anônimo disse...

Junta uma graninha, compra uma segunda moto ( todo mundo gosta de mais de uma ) e mantenha pelo uma menos uma delas com paralamas! Daí, sem chuva vai de bobber, choveu vai de tiozão. Rsss.
[]s, L.F. Lobo.

Anônimo disse...

fiquei exatos 1 dia sem para lamas, nao tem a menor condição......

Alessandro Damasceno disse...

Ando com minha sportster sem paralamas também.. as poças, esgotos com aquela agua branca (criolina.. rs) e outros 'dejetos' liquidos são uma roubada.
Quando vejo a poça, viro a cara pro lado, fecho a boca, rezo e vou em frente.. chuva então..

Achei engraçado este desenho, eu não sei se eu que estou errado ou sei lá, mas a agua que voa da roda dianteira não deveria sair por trás no sentido do motor e subir até bater na cara do piloto.. pq do jeito que está parece que a moto está 'dando ré'.. ela está subindo pela parte da frente da roda.. alguém confirma ?
Aff.. insônia é uma merda..rs

Lobo disse...

Fala Damasceno, é isso aí. A água sai exatamente como vc falou, no mesmo sentido que o desenho retrata a roda traseira.

O desenho tem um pequeno erro, que na minha opinião é mais uma licença estética, digamos assim.

Isso pq, na verdade, a água que vai pra cima de vc é aquela que a roda joga pra cima, entre as canelas/bengalas, na tangente da própria roda.

Ou seja, no fundo a água é jogada para frente e para cima, só que como vc está em movimento, ela vem toda pra cima de vc.

Se ele fosse de fato desenhar isso, o rastro d`água ficaria em formato de S, e ficaria meio esquisito, sei lá.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...