quinta-feira, 29 de outubro de 2009

5.000 milhas em 5 dias


Definitivamente não é para qualquer um...

Nosso amigo Ricardo Machado resolveu encarar o desafio e se lançou nessa aventura, que teve até HD atolada no lodo de uma vala. Foram praticamente 5 dias pilotando sem parar, parando apenas para abastecer e dormir um pouco.

Ficou curioso? Basta dar uma passada no On the Road, para saber como foi a viagem. Há um relato minucioso do desenrolar da viagem, dia após dia, acompanhado de fotos e resumo dos gastos.

Quem quiser saber mais sobre o Iron Butt Association, suas regras e aventuras, é só conferir o site www.ironbutt.com

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Sons Of Anarchy Review



Impossível ficar alheio ao sucesso que o seriado Sons of Anarchy alcançou no Brasil, no mundo, e principalmente ns EUA. Basta uma rápida procura no Google para descobrir sites, blogs e comunidades em Portugal, França, etc...

No Brasil, há um blog e uma comunidade no orkut responsáveis pela divulgação dos torrents dos episódios, assim como das respectivas legendas, além de discussões a respeito do andamento da série. Para quem quiser conhecer, chama-se Sons of Anarchy Brasil. Basta clicar em BLOG, ou COMUNIDADE, para ser redirecionado.

Enfim, dito isso, passo a fazer uma breve análise do seriado em si. Confesso que, ano passado, quando se começou a falar que haveria um seriado sobre um MC, envolvido com tráfico de armas, eu não dei muita bola. Vi algumas fotos e teasers e não me animei nem um pouco. Achei que seria mais um seriado americano, igual a tantos outros, sem a menor graça. Como não iria passar em nenhum canal de TV daqui, fiquei sem saco para baixar da internet e chutei o balde. Algumas pessoas próximas até comentavam a respeito, mas não conseguiam despertar em mim uma vontade de assistir.

Não sei por que razão, mas a curiosidade falou mais alto e acabei assistindo o primeiro episódio da primeira temporada mês passado. Bem, fiquei fã. Assisti toda a temporada em um único dia, e atualmente fico esperando ansiosamente pelos torrents dos novos episódios. Em tempos onde na programação da TV aberta ou a cabo, só se salva o futebol e outros poucos programas, Sons of Anarchy com certeza é puro entretenimento.

Por sinal, acho incrível que em um país onde proliferam as séries de TV, como nos States, e com uma cultura biker tão forte, ninguém nunca tenha tido a idéia de fazer um seriado sobre um MC. Ou então faltou foi coragem mesmo...

Reza a lenda que há consultores que efetivamente fazem parte de MC 1%ers, e tudo indica que sim. Mostrando uma realidade que existe lá fora, mas com a devida licença poética, o seriado retrata a vida dos Sons of Anarchy, cujo mother chapter situa-se na fictícia cidade de Charming, que supostamente fica na California. A história principal, que admite um sem número de subtramas paralelas, se desenrola ao redor de 3 personagens principais, e se resume no questionamento de Jax (interpretado pelo ator Charlie Hunnam) acerca de qual caminho o MC deve seguir. A idéia original de seu pai, de pregar a Anarquia como filosofia de vida, vivendo a margem da lei e sem regras fixas, ou um caminho mais hardcore instituído por Clay (Ron Perlman), atual marido de sua mãe Gemma (Katey Sagal) e presidente do S.O.A.

Aliás, o produtor executivo, e pensador da série, Kurt Sutter, não só é casado com Katey Sagal, como também confessou em seu blog (http://sutterink.blogspot.com/) ter idealizado o papel de Gemma especialmente para ela. Não é a toa que é uma personagem tão ou mais importante que os outros dois. Sem sombra de dúvidas arrisco a dizer que se o universo biker não fosse quase que exclusivamente masculino, era bem capaz do presidente do S.O.A ser uma mulher interpretada por ela.

Todavia isso não retira os méritos de sua interpretação que, diga-se de passagem, está sendo brilhante. Ainda mais se levarmos em consideração que ela exorcizou o fantasma de Peggy Bundy, personagem que interpretava na série "Married with Children". Trata-se de uma personagem densa, com nuances de caráter e possível passado sombrio. Autêntica queen of the club, no final das contas é ela que articula tudo e nos deixa com a sensação que o S.O.A muitas vezes está mais nas mãos delas do que do resto.

Outro personagem que acho válido destacar, devido a densidade de seu background, e que cresceu muito ao longo dos episódios é Opie (Ryan Hurst). Deem uma olhada numa foto desse ator sem as barbas e vejam a cara de babaca do indivíduo. É impressionante como ele consegue passar uma imagem de biker badass, pronto para morrer pelo MC. Sua interpretação e importância vem crescendo exponencialmente, e sem dúvida vai crescer ainda mais, haja vista que o desenrolar da sua história está diretamente relacionado à disputa entre Jax e Clay.

Tig, o psicopata; Happy, the hitman; Bobby, o tiozão; Piney, um dos co-fundadores; Chibs, Juice e Half-Sack (PP) completam o time principal. Correndo por fora ainda há Tara, a namorada de Jax; e os policiais Unser e Hale. Ah, não podemos esquecer da cínica e sarcástica Agent Stahl.

Quanto às motos dos integrantes do S.O.A, já ouvi muitas pessoas reclamando do visual, e dizendo que as motos do MC rival são mais customizadas, estilosas, old school e blablabla... Creio que a escolha das motos não tenha sido aleatória. As Dynas e FXRs são as "bandidas" por excelência. Tirando o Bobby, todos os outros "principais" do seriado possuem Dyna, até o PP. Mesmo nos outros charters percebe-se uma predominância das Dynas. Por isso, prefiro reproduzir um trecho do blog (muito bacana por sinal) de um tal de Fat Bob, que teoricamente é membro de um MC 1%er e periodicamente escreve no site oficial do seriado. Ele diz assim:

"BIKES ARE FOR RIDING.
Anybody who says the characters in Sons of Anarchy wouldn’t ride bikes like the ones in this show obviously do not ride very far. The days of the bar to bar rigid frame are over. Yeah I got one in my garage that I pull out for a short ride when I want to feel nostalgic, but when I am going to ride to Sturgis in the summer with my brothers I damn sure want a bike EXACTLY like what I see on the show. Rubber mounted with a fairing. You ain’t riding six or seven hundred miles a day on a rigid frame stopping every 65 miles for gas, or to get the feeling back in your legs, it would take a month to get anywhere." FAT BOB´S BLOG


Ah, e pelamordedeus, temos que ter em mente que trata-se de um programa de TV, um mero seriado, cujo objetivo único é agradar os espectadores e com isso fazer dinheiro. Não me venham costurar um patch do Sons of Anarchy em um colete e sair por aí de moto. Não sejam ridículos... Às vezes tenho a sensação que as pessoas levam as coisas muito a sério.

Por fim, definitivamente um dos pontos altos do seriado é a trilha sonora. Tirando a música de abertura, já conhecida de todos, há várias outras dignas de serem mencionadas, seja rock pesado, blues ou country. No post abaixo, há 3 bons exemplos.

Aumente o volume e comprove...

SAMCRO Season 01 Soundtrack






Quem quiser curtir mais, basta acessar o youtube, procurar por listas de reprodução Sons of Anarchy.

Ou então baixar uma compilação das músicas, feita por um anônimo com muita boa vontade, no link http://www.megaupload.com/?d=XKFZ1Y6P

If you like to see/hear more, just search on youtube for Sons of Anarchy playlists.

Or if you prefer, there is a compilation of the season 01 tracks, made by an anonimous, for download in http://www.megaupload.com/?d=XKFZ1Y6P

Finalmente o trailer do novo Easy Rider




Como bem diz um dos comentários postados no youtube, estou cagando se o filme será uma merda ou não, estou na maior pilha para ver...

Blue Jeans Blues

Perfeita



Loud Lightning



Detalhes

Brat Style







Aquila




The Absinthe Glass



Bom Dia...

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Dan Auerbach

Pit Bull de cu é rola...

Tico-Tico No Fubá

Classic Racers

Erik Buell

Mais tanques incríveis...





9

Valentino Rossi conquistou ontem o sétimo título mundial de MotoGP, ao terminar no terceiro lugar o Grande Prémio da Malásia, acabando por ofuscar a vitória de Casey Stoner (Ducati).

Numa corrida marcada pela forte tempestade que atrasou o início em meia hora, cedo se percebeu as intenções de Rossi: Garantir o sétimo título de MotoGP (2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2007 e 2009) e o nono título mundial (125-1997 e 250--1999). Bastava-lhe o quarto lugar e foi isso que fez, limitando-se a controlar o seu colega de equipe e principal rival Jorge Lorenzo (4º).

“Foi uma corrida difícil devido à tempestade. Tive uma boa largada, mas decidi ir pelo seguro, entender a a finação da moto e os seus limites. Tentei seguir o Dani Pedrosa, mas isso era arriscar muito pois ele ia muito rápido em alguns pontos do circuito”, disse Rossi, que fez questão de apresentar-se na sala de imprensa com uma camisa escrito: “Galinha velha faz boa canja”, numa alusão aos seus 30 anos.

Com a nona conquista, ele igualou o número de títulos do italiano Carlo Ubbiali e do inglês Phil Read, ficando atrás apenas do espanhol Angel Nieto (13) e do italiano Giacomo Agostini (15) na galeria dos maiores campeões da História do motociclismo.

DICE




Ao que soube, a DICE Magazine ( http://www.dicemagazine.com/) pegou uma Iron zero e deixou desse jeito. Ao que soube, foi Motor Company que deu a moto.


Engraçado são as similaridades...

Será que a Izzo nos daria uma pra montarmos também?

Max Schaaf 2

Sim.

Semana de pânico na Cidade, sitiada por uma guerra sem fim entre o Mal e o mau.

Balas perdidas traçando o céu, helicóptero abatido, ônibus incendiado, caçada humana, corpo em carrinho de supermercado, assassinato e policia roubando o roubo do ladrão na frente das câmeras.

Autoridades explicando o inexplicável, bradando (fingindo estar indignados com o resultado de sua inoperância) o início de mais uma batalha para tomar o território dominado: “Preparem-se pessoas de bem, vamos matar todo mundo !!!”

E a população assiste a tudo com o cu na mão.




Sábado, 24 de outubro de 2009.

Depois de uma semana de chuva inconstante mas contínua, a Cidade Maravilhosa resolve mostrar a todos sua exuberância.

E qual mulher gostosa maltratada, resolve levantar, sacudir a poeira e avisar a seus carcereiros que "tomem tendência, que não estou aqui pra ser esculachada assim".

Um sábado de sol é o que basta para vermos nossa maravilha em toda sua grandeza. Convidando a pararmos com essas “guerrinhas bobas” e sentir o vento que vem do mar, dar um mergulho pra refrescar as idéias.

Lembrar que o Inferno não são os outros, o Inferno somos nós. Que optamos por essa porra.

Peguei a Preta e fui ver meus filhos em Niterói.. Resolvi que o dia estava tão lindo que merecia um passeio pelo litoral, ao invés de pegar a Linha Amarela. Como vivo perto do Autódromo, a LA é sempre a melhor opção.

Mas não nesse sábado.

Estiquei até a Prainha, e vim: Macumba, Recreio, Reserva, Barra, São Conrado, Leblon, Ipanema. Parei no Arpoador pra trocar uma idéia com um amigo lá na Galeria River.

Copacabana, Botafogo, Flamengo.

Ponte.

Gragoatá, Boa Viagem, Praia das Flexas, Icaraí, São Francisco, Itacoatiara.

Cruising, sem pressa, observando.

Dá pra pensar na vida um passeio desses. Dá pra sentir.

O povo ama essa cidade. Nem sabe disso, tão envolvidos que estão com os problemas cotidianos. Mas amam. Não tem como não amar. É sedutora demais.

Ninguém mais agüenta a situação. Mas um dia desses é o suficiente pra ESQUECERMOS a situação.

E quem sabe até lembrarmos que nem todo mundo é inimigo, nem todo mundo é filhodaputa, ou taafimdemefuder. Na real, a maioria não é. Na real real mesmo, poucos são.

O que a maioria é é gente a fim de viver sua vida em paz, usufruir dessa maravilha de cidade, aproveitar um sabadão de sol.

Porque quem vive na guerra que vivemos sabe dar valor a um dia como esse sábado. Só quem sabe o que é não ter LIBERDADE de circular pela cidade, sabe o que significa um sabadão com sol no Rio de Janeiro.

E liga o FODA-SE pra tudo, e vai sentir o Leste que já ta soprando, sinal de que o Verão chegou...



A merda, merda mesmo, é que logo vem Domingo, e a porra da segunda-feira vem lembrar que vivemos hiatos de paz numa terra sem ordem.



Bom, com os braços e o rosto tostados pelo sol, cheguei pra passar um delicioso dia com meus filhos.

Esperança. Ainda dá pra ter.

Não tem que fazer nada, só baixar a bola.

Esperança.

Deixa ela vir.

It's All Over Now

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...