sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

MERRY X-MAS...


video


We hope you all, friends and anonymous (why not), had a killer X-mas...

Enjoy our little present...

That´s fucking kool...



I would really like to have this one...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Faltam 03 dias para o Natal...



As luzinhas já estão no lugar ???

Somewhere

DEUS

JUZ SPERNIANDI

CORISCO



Lembro quando garoto, um ministro que traficava pedras preciosas para fora do país. Lembro de ter pensado “meu deus, que coisa, o cara é ministro, precisa disso?!?” na minha ainda virgem visão do que seria a tal da ganância.

Mas depois, liguei um foda-se duradouro, e em 92, ecologista, vi Collor e seu jardim, e os ridículos cara-pintadas que o derrubaram, e Bernardo Cabral e Zélia dançando tango me imploravam: “Galeão, JÁ !!!”

De volta, homem feito, filho e o escambau, voltei a desligar o foda-se, para dar de cara com Dona Sarney, herdeira da corte maranhense e sua montanha de dinheiro. E depois Lula e seus Dirceus, e mensalões e cuecas recheadas, um nem tão genuíno Genoino bradando que “tomara choque contra a ditadura” e me convencera, até seu irmão jogar a merda no ventilador, e valerioduto, e propinoduto, e o gordo do Povo na Tevê com seu terno largo e suas pausas maravilhosas entregando todo mundo, pra não dar em nada.

E um severino encarando seu maior algoz, o verde de dedo em riste e texto zonasul carioca (que foi pego usando passagens aéreas indevidamente), um minque de coletinho fingindo santidade, uma olim-piada de mal gosto com o dinheiro do povo.

E a oração da propina, e a putaria desenfreada, e a turma que trabalha 2 dias na semana se dando aumento de salário e esperando o ano acabar pra trabalhar ganhando hora extra...

E agora, dias de estrada e chuva e uma gripe que me fez dar uma parada (to itinerante, minas-sampa-rio), bate uma dor de cabeça, uma dor de corno, uma dor de quem gostaria que o mundo fosse melhor pra deixar pras crianças. E sem ver televisão a tempos mato a saudade vendo um garoto almofada de costureira, um menininho cheio de agulhas, um boneco vudú humano.

Morte.

Vamos começar a matar esses filhos da puta. Vamos pegar em armas, PORRA! Nada combinado, nada articulado. Viu uma monstruosidade dessas, de um espetar de agulha numa criança a um malversar de verbas publicas, PASSA FOGO!

Chega de sermos tolerantes com nossos algozes.

Se tens condição de mudar a situação e se omite, ÉS CULPADO!

Passou da hora dos Homens de Bem tomarem as rédeas dessa carroça desgovernada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...