terça-feira, 31 de maio de 2011

MODA PRIMAVERA-VERÃO HD 2012

As seguintes cores para Harleys estarão disponíveis em 2012:

CORES LISAS:

Vivid Black - Todos os modelos (exceto Iron e XR 1200X)

Big Blue Pearl - Iron, 48, 1200 Custom, Super Glide Custom, Fat Bob, Wide Glide, Heritage Classic, Fat Boy Special, Deluxe, Street Glide e Road Glide Custom e Ultra

Brilliant Silver Pearl - 1200 Custom, Fat Boy Special, EG Classic

Cool Blue Pearl Deluxe - 1200 Custom (HD1 program)

Chrome Yellow - 48, 1200 Custom (HD1 program), V-Rod Muscle, Fat Boy, Road Glide Custom

Ember Red Sunglo - SuperLow, Iron, 1200 Custom (HD1 program), Dyna Low Rider (export market), Deluxe, Street Glide, Electra Glide Classic e Ultra, Road Glide Ultra

Sedona Orange - 883R, 48, 1200 Custom (HD1 program), Night Rod Special, Street Bob, Fat Bob, Wide Glide, Softail STD (export market), Road King, Street Glide, Road Glide Ultra

White Hot Pearl - 1200 Custom (HD1 Program), Heritage Classic, Road King Classic, Ultra Classic EG

Midnight Pearl - Road King

Black Denim - Iron, Nightster, 1200 Custom (HD1 Program), XR 1200X, Night Rod Special, V-Rod Muscle, Street Bob, Fat Bob, Blackline, Fat Boy Special, Road Glide Custom

White Hot Denim - XR 1200X


E AS DUAS CORES (OU TWO TONES) SÃO AS SEGUINTES DISPONÍVEIS:

Chrome Yellow & Vivid Black Deluxe - 1200 Custom (HD1 Program)

Big Blue Pearl & Vivid Black - Blackline, Road King Classic, EG Limited, Tri Glide

Midnight Pearl & Cool Blue Pearl - SuperLow, Nightster, 1200 Custom (HD1 Program), Dyna Low Rider (export market)

Midnight Pearl & Brilliant Silver Pearl - Nightster, 1200 Custom (HD1 Program), Fat Boy, EG Limited

Sedona Orange & Vivid Black - Super Glide Custom, Blackline, Road King Classic, EG Limited

Birch White & Sedona Orange - SuperLow, 1200 Custom (HD1 Program), Deluxe

Birch White & Midnight Pearl - Deluxe, EG Classic

Custom Color Program - Tequila Sunrise & HD Orange - Super Glide Custom, Heritage Classic, Fat Boy, Deluxe, Road King Classic, Street Glide, Ultra Classic EG, EG Limited


Big Chopper de la Frontera
fronterahd@gmail.com

ARQUIVO DO LEITOR - Estradas Brasileiras

OPA!!! Essa estrada é minha!!! Daniel, estou nessas estradas no MS direto e posso afirmar, realmente o amanhecer (e o pôr de sol) são duca! A não ser quando você está indo em direção a qualquer um dos dois!!!


Foto da Fat de nosso leitor Daniel na estrada para o Mato Grosso do Sul depois dele ter saído de São José dos Campos. O trecho é entre Taboado e Três Lagoas!

VALEU!

Big Chopper de la Frontera
fronterahd@gmail.com

domingo, 29 de maio de 2011

Die Young



Enfeitemos...



Peitinhos para o BC, ruivas pro Lobo...

Junior, oh, Junior!...JUNIOR, NÃÃÃÃOOOO!!!!

Indy 500. A mais prestigiada corrida da Formula Indy. 500 milhas. Cerca de 800km num oval.

Os favoritos lideram a corrida desde o início. Mas, por erro de cálculo, precisam aliviar no final pra não ficarem sem combustível.

Duas zebras aparecem, o belga Baguette e o americano JR Hildebrand.

A 4 voltas do fim, Baguette para pra abastecer. Caminho livre para JR. Dez milhas pra bandeirada.

Ultima volta. JR sozinho. 4 curvas. Curva 1, curva 2, curva 3...

Curva 4.

JR bate e vem se esfregando no muro.

Vem capengando, em 3 rodas, menos de 100 metros pra linha de chegada.

E o inglês Dan Wheldon passa, pra vencer.

Improvável. Inacreditável. Inesquecível.


sexta-feira, 27 de maio de 2011

It's Better In The Wind

Arte







BBB



A Beautiful Blonde and a Bong

Helmet Law Sucks



Tanques incríveis








Fly Like An Eagle



Leiam Steinbeck.

"E desse primeiro 'nós' nasce algo bem mais perigoso. 'Eu tenho um pouco de comida' mais 'Eu não tenho comida nenhuma'. Quando a solução dessa soma é 'Nós temos um pouco de comida', aí a coisa toma um rumo, o movimento passa a ter um objetivo. Apenas uma pequena multiplicação e esse trator, essas terras são nossas. Os dois homens acocorados numa vala, a pequena fogueira, a carne que se cozinha numa frigideira comum, as mulheres caladas, de olhos vidrados; atrás delas as crianças, escutando com o coração palavras que seu cérebro não alcança. A noite desce. A criança sente frio. Aqui, tome esse cobertor. É de lã. Pertenceu à minha mãe - tome, fique com ele para a criança. Sim, é aí que tu deves lançar tua bomba. É este o seu começo da passagem do 'Eu' para o 'Nós'." - As Vinhas da Ira.

Garage Sale



Atenção senhoras e senhores:

Lord of Motors vem por meio deste informar a programação musical de nosso Garage Sale de 4 de Junho:

A partir das 13:00hs - Roquenrou selecionado.

14:00hs - Nossos queridos parceiros, participantes desde nosso primeiro evento: ZERO BALA BLUES BAND.

15:30hs - "Comandando as carrapetas" Mr. Tony Rocker, da Riobilly.

16:30hs - Banda COLT 45.

Das 18hs em diante, ninguém é de ninguém, tudo pode acontecer.

I Need Your Help.



Quem acompanha este blog deve ter percebido uma de minhas novas empreitadas.

Estou iniciando um negócio de peças para Harley Davidson antigas. Comprei um lote grande, estou recuperando as que precisam de recuperação, limpando as que precisam de limpeza, cadastrando tudo para montar uma lojinha virtual.

Ando animado, e apesar de saber que não é um negócio para ficar milionário, é muito prazeiroso de se fazer.

Aí resolvi pedir ajuda a vocês.

Quem acompanha o blog deve saber também de minhas incríveis habilidades com o Photoshop.

Pois bem.

Preciso criar uma logomarca para a Lord Motor Company.

Queria alguma coisa "Vintage", que desse a idéia de coisa antiga. Nada muito elaborado, sem desenhos mirabolantes. Uma cor só, pra ficar fácil fazer impressos, etiquetas, etc.

Gosto muito da fonte que usei neste cartaz da foto. Alguma coisa assim, simples, me agrada.

Tô duro que nem um côco. Assim, o "pagamento" pelo serviço será uma camiseta Lord of Motors, e um muito obrigado sincero.

Não vou fazer "concurso". A idéia é pegar o que vier de mais legal.

E aí?

Alguém pode me dar essa ajuda?

e-mail-me:

lord@lordofmotors.com

Improbabilidades

Algumas coisas impossíveis acontecem.

Se eu te disser que vou servir Cocacola no seu copo, mas que só a metade de cima do copo vai ficar cheia, você certamente vai questionar a possibilidade disso acontecer.

Se me dissessem um dia que eu teria uma nova família além da que papai e mamãe me deram por natureza, e que eu teria por essa nova família o mesmo sentimento de minha família de sangue, certamente eu pensaria na mesma improbabilidade disso acontecer quanto à de um copo ficar com a metade de cima cheia e a metade de baixo vazia!


É certo que o limão serviu como ferramenta para que isso acontecesse, mas está lá, o líquido todo na parte de cima. Assim como esse limão no copo; a Harley, um grupo de pessoas e uma condição serviram para que novas pessoas viessem a ser parte de minha família, e hoje, mesmo tendo sido incrédulo no passado, e mesmo essa situação sendo improvável, fico impressionado cada vez que encontro com minha nova família, de como me sinto em casa e na parte de cima do copo!

Valeu Irmão!

www.truebiker.blogspot.com

Big Chopper de la Frontera

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Tattoos make me horny...




Work Hard



Flames





Never out of style...

ONDE ESTÁ WILLIE?



Com a vinda do famoso Willie G. Davidson muitos amantes novatos da afamada marca centenária acabaram de saber que ainda há Davidsons na Motor Company.

Antes disso sequer sabiam quem ele era, ou talvez conhecessem esse nome por ser um dos modelos de casacos de couro oferecido pela HD e que faz parte da coleção de casacos novos que estão pendurados no armário com pouco uso ou ainda com etiqueta.

Sábado passado estas pessoas conheceram o sujeito em questão, praticamente um ícone que vem ao Brasil visitar simples mortais compradores de suas motocas.

O negócio é que muitos desses novatos o tratam como um grande Deus que com sua vinda ao Brasil trará o milagre da multiplicação e do bom atendimento pós-venda!

Mas afinal, quem é essa bixa louca?

Sem dar maior importância as preferências sexuais do Sr. Willie G. Davidson (eu nunca soube o que a letra G está, de fato, abreviando), Willie é o cara que voltou a fazer da marca, uma marca como ela deve ser, americana, ou pelo menos é o que ele alega!

Diz ele que, quando a AMF lá nos idos dos anos setenta começou a abusar da marca HD e fazer motos escrotas, ele ficou bravinho e junto a seus familiares (e alguns investidores) decidiram recomprar a marca.

Na verdade o que aconteceu é que ele fez um puta bom negócio, vendeu a marca HD para a AMF por merreca, pois a empresa estava falindo, só que a AMF, em poucos anos e muito competentemente, conseguiu piorar a situação e vendeu mais barato ainda de volta pra ele. Enfim... Mas vamos aceitar o lado romântico da coisa.

Não fui, nem tampouco iria se tivesse que fazer algum tipo de esforço pra isso, ao evento de Sampa em que se encontrou o homem da HD, mas fico imaginando o momento que ele apareceu no palco e os 300 HOGs e PHDs, que estavam lá embaixo, gritando e chorando e desmaiando numa algazarra tremenda e num gritaral histérico, “à la” menininhas vendo o “Restart” entrar no palco, assim são os HOGs, que nem sabem quem é esse cara, mas ele tem Davidson no nome, então deve ser foda.

Tem um vizinho aqui na cidade que tem dois filhos, o mais velho chama Harley, e o outro Davidson (o pior é que é sério) E NEM É SOBRENOME! É NOME MESMO!!! Se eles subissem no palco aí sim nego ia ao delírio!!!

Mas afinal, esse Willie G. tem que ser alguma coisa né?

Ele é.

Ele trabalha com design, sempre fez isso, e começou a trabalhar na HD com isso também, a família havia vendido a marca pra a AMF mas ele continuou trabalhando lá (E viva a conveniência!), mas então veio um de seus primeiros trabalhos de design para a Harley Davidson AMF e o resultado foi o seguinte:


Convenhamos, PUTAQUEOSPARIU!!! Só por causa disso pra mim já poderia ser considerado um “Laden” e não um “Davidson”, acho que a tropa americana pegou o terrorista errado! Pensa se essa tendência que ele quis criar tivesse pegado onda? Nem imagino o que seriam das HDs hoje! Aliás, imagino! Seriam V-Rods!!!! Coisa que ele também criou!!! O pior é que ele tem grande orgulho por essa bosta de Dyna esquisita com rabo de CB, tanto que diz ter uma na garagem de sua casa.

Mas não vamos crucificar o cara, ele também fez acontecer alguns modelinhos bem admiráveis, apesar de terem muito design e pouquíssima praticidade (comprovando que ele não é um designer tão competente assim). Também saíram de sua cartola o modelo Springer e por exemplo a Road King, ambas sem muita capacidade prática, mas ambas lindas motocas! Nem tudo que ele fez é um lixo.

O forte dele é mesmo desenhar casacos de couro (começou fazendo cuecas de couro) e é ele quem faz grande parte das roupas da moda que a marca oferece a seus súditos!

Agora, a pergunta é a seguinte, que diferença faria para nós, mortais usuários de Harleys, a vinda de uma bixa velha alfaiate ao Brasil?

Eu posso afirmar.

Nenhuma!

Eles planejam colocar o sistema americano de concessionárias como é lá na terra do Tio Sam, e nós vamos acreditar que com isso o serviço pós-venda estará solucionado!

Por coincidência acabo de chegar dos USA, e posso confirmar uma coisa prezados leitores inocentes: O SERVIÇO PÓS-VENDA NOS STATES É UMA BOSTA!

Tão bom ou pior quanto o do falecido Grupo Izzo.

Tente comprar uma peça numa concessionária lá nos Estados Unidos da América, sei lá, um farol de Dyna, ou um descanso de Softail. Vocês acham que isso é assim fácil? Que você vai chegar na loja, pedir, eles vão te entregar a peça e você vai sair contente e pululante com seu farol debaixo do braço?

Não senhor!

E esse é o motivo porque sei que no Brasil, nem com a vinda do grisalho nem com a vinda de Jesus isso vai melhorar, trata-se de um problema econômico.

Porque alguém, dono de uma loja da Harley, iria querer manter seu dinheiro parado em um estoque de peças de baixo giro que dificilmente alguém irá pedir? Pra que o dono dessa loja quer parar esse dinheiro que poderia ser investido em algo que dá retorno?

Esse é o real motivo que nem nos USA, nem aqui, nem em nenhum lugar, haverá um bom atendimento pós-venda por parte dos concessionados oficiais.

La na terra natal poderiamos até imaginar que pelo menos a parte de serviços mecânicos fosse melhor, já que lá tem Harley como tem CG no Brasil. Mas também não é assim, vejo clientes americanos constantemente reclamando da falta de preparo e profissionalismo dos mecânicos nos Dealers (Concessionárias), tanto que, e vão aprendendo já que provavelmente vai ser bem usado no Brasil também, existe uma abreviatura para definir este problema: FTD ou Fuck the Dealer, ou Foda-se a Concessionária.

Enfim...

Fica aqui este texto pra esse bando de baba-ovo do velho grisalho, que no fundo deve até ser uma boa pessoa (tem cara de bom velhinho) mas que não vai fazer nada por nós, e sim, por ele e sua própria empresa!

Deixo aqui escrito minha previsão do futuro da Harley no Brasil:

NADA VAI MUDAR!

E então todos vão dizer: ONDE ESTÁ WILLIE? E aí quero ver alguém encontrá-lo no meio da multidão insatisfeita.

É isso.

Big Wally de la Frontera
fronterahd@gmail.com

terça-feira, 24 de maio de 2011

Mr. Dylan




Estradas Brasileiras

RIO-SANTOS

Estradinha animal, é esse visual da foto o tempo todo. Pra quem vai (ou volta) de São Paulo pro Rio, e está sem pressa, essa é "A" estrada!

São uns 300-400km de felicidade.


Abs,

Big Chopper de la Frontera
fronterahd@gmail.com

For Sale



Zero bala.
Para Sportsters.
136 dentes.
Igual à que uso na minha.
R$590,00 O.B.O.

lord@lordofmotors.com

Olha o que esses caras andam aprontando...





What doesn't kill you, makes you stronger...




04 de Junho




TODO MUNDO LÁ!!!




This is our Plan.



Two Wheels Brazil




Bota mais foto de moto aí, Lord.








ECOSSE

Deus está nos detalhes




Falcon Motorcycles.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...