quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Repost Atualizado


Uma vez sonhei que era um cavalo. 






 Andar de moto é uma atividade solitária. Quando você está ali, a mais de 120, você está sozinho com seus pensamentos. De olho na estrada, no tráfego, mas, mesmo sem sentir, esvaziando aos poucos a cabeça. Uma atividade solitária. 


 Já tive várias oportunidades de andar em grupo, vôo em bando. Quando todo mundo está em sintonia, tocada sincronizada, o grupo fluindo, se respeitando e respeitando as Regras da Estrada, é bonito de ver e delicioso de participar.


 Mas mesmo nesses momentos, no fundo você está sozinho com seus pensamentos. A cabeça vai esvaziando, entrando em outro ritmo. E apesar do grupo, isso é uma atividade solitária. 


 Dogmas e dramas vão derretendo aos poucos, sobrando pouco mais que uma mente meditativa. 


 Como no zazen, a parada pra abastecer é kinhin. 


 Com o segundo tanque a moto encaixa na gente, respondendo a cada pedido, e alguma coisa muda em você: “satori light”, incorpora uma entidade, baixa um santo, é abduzido, abre as portas da percepção, sei lá como caralhos chamar isso. 




 Lembra muito o sonho de ser um cavalo. 




 Cavalos soltos andam em manada. Por segurança, ou porque mentes são imãs com pólos invertidos, e os iguais se atraem. Larga 10 cavalos num campo e eles vão andar juntos. Um ou outro vai se desgarrar. Mas a tendência é a tropa. 






O Salão Bike Show foi um sucesso. Ficamos muito satisfeitos com o convite, nos empenhamos em dar em troca um evento de qualidade, e tivemos, além da alegria que sempre são nossas farras, um retorno expressivo do público.

Conseguimos isso seguindo e propagando o que hoje acredito são os três princípios que regem o Lord of Motors.

 1. Support Your Local:

 As motos eram realmente CUSTOMIZADAS.

 Ali havia criatividade tanto nas soluções quanto nas maneiras de se chegar à essas soluções.

Ali estávamos vendo a mão de obra de customizadores BRASILEIROS mostrando seu valor. Mostrando que recorrendo aos profissionais DAQUI, o proprietário está bem servido.

 Que apoiando a indústria nacional estará ajudando o talento e a criatividade serem exercidas por nossa gente, e isso com certeza vai dar uma identidade muito mais interessante e coerente ao resultado final de uma customização.


  2. Viva sua experiência:

 Ali estavam reunidos profissionais e amadores, e todo tipo de customização estava representado.

 Desde motos construídas do zero, à motos em que o maior investimento foi em gasolina (a minha!).

 De Show Bike a carniça, ali estavam reunidas diversas experiências e expressões pessoais, de cada proprietário, ou de cada customizador, em suas motos.

Ali estava um pessoal que até “bebe em nossa fonte e reparte nossa idéia” (o que nos enche de orgulho), mas que tem suas próprias Idéias, e as expressa.


3. Vem trocar suas experiências com a gente:

 Muito orgulho. Muito orgulho mesmo, do naipe de gente que nos deu credibilidade suficiente a ponto de deixar suas motos sob nossa responsabilidade durante o evento.

 Eu sei o que minha moto representa pra mim, e tenho certeza que todas as outras motos ali presentes representam algo parecido para seus orgulhosos proprietários.

Com essa credibilidade conquistada, conseguimos passar a terceira mensagem que acredito seja um dos princípios do Lord of Motors.

 Depois que você tiver bebido em nossa fonte e repartido nossas idéias, depois que você tiver desenvolvido suas próprias Idéias, quando você estiver interessado em se expressar, vem pra cá.

 Vamos nos encontrar, trocar experiências.

Pessoalmente.

 A festa é boa, a empatia é inevitável, e certamente você vai se sentir à vontade.



Na sua tropa.




  Loners and Dreamers unite! 


 Porque no fim, estamos mesmo sempre sozinhos com nossos pensamentos. 






 E somos todos uns cavalos.






 Ainda temos 11 meses pra tornar 2012 um ano memorável.

 Nós já começamos.

 E você?

2 comentários:

Hadys disse...

Infelizmente não participei do evento de nenhuma forma, podem ter certeza que foi com dor no coração. Na realidade não tenho participado de quase nada ligado as motos, as reformas paradas, os blogs largados, os amigos sem atenção, alguns roles de moto em solitário só para limpar a mente. Mas essa fase vai passar, as coisas vão acalmar e eu volto a ativa ...
De qualquer forma, parabéns pelo evento !!!
Abçs
Hadys

Anônimo disse...

Lord, mais uma vez fico pasmo com sua capacidade de expressar sentimentos tão verdadeiros pra quem realmente vive o motociclismo. O trabalho de vocês é um exemplo a ser seguido. Meus parabéns pelo sucesso atingido.
Marcelo Maia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...