segunda-feira, 5 de março de 2012

Não gosto...



Esse pessoal é muito preconceituoso...

Mas eu admito que sou um cara estranho...

Eu não gosto de futebol, não gosto de cinema, não gosto de arroz com feijão, não gosto de whisky vintecinco anos, não gosto de all star, não gosto de café com açucar e não gosto de moto japonesa, e pra todas as coisas que eu não gosto, tenho um ou mais motivos pra não gostar.

Mas eu gosto pra caralho de Harley, do Clube, de graxa e pistões, de Jack, do meu blog, do barulho grave de escapamento, e de uma porrada de outras coisas... (OBS: Por motivos politicamente corretos favor inserir “da minha mulher ” antes das palavras “de Harley” no começo deste parágrafo).

Enfim, achar que alguém é mais ou menos motociclista porque anda numa japonesa, numa Harley ou num Jetski é uma puta babaquice, então:

Se você estiver na estrada, com sua Dafra, e me encontrar em algum lugar: Eu não vou te faltar o respeito!

Provavelmente se você puxar um papo (pertinente) eu estarei à disposição para o mesmo! Não sou de puxar papo eu mesmo porque não sou muito sociável, nem se você estiver de Harley último modelo, foda-se, enfia ela no seu rabo, pra mim isso não faz a menor diferença e eu também não vou te dar muita atenção, mas também não vou ser mal educado e negar papo caso você venha conversar.

Aliás, por algum motivo estranho é mais fácil eu conversar com o cara da Dafra do que com o alguém que tenha um simbalo do HOG colado no casaco. Existe a possibilidade de que o cara da Dafra possa ter um bom motivo pra andar de Dafra...

Enfim, isso tudo foi pra dizer que eu não desconsidero a pessoa, mas sim a moto, e tenho todo o direito do mundo de fazer isso, de não gostar de algumas coisas, há ótimas motos japonesas, mas eu não gosto delas, seja a maravilhosa viraguinho que eu já tive algum dia no passado ou uma novíssima Kawabosta 1800cc hipersupercustom 2012 ou uma ótima Savage 650 nãoseiquantos cilindros. Pra mim são todas umas bostas.
São ótimas motos.
Mas são umas bostas.
Eu gosto de Harley e foda-se.
Que também são umas bostas, mas eu gosto delas...
Tá explicado?
PD: Este texto não é pra ser levado muito a sério. Mas que eu não vou negar que eu me amarro na forma como as pessoas polemizam este assunto ahhhh me amarro! É coisa divertida de se ver (ler).
Atenciosamente,
Big Chopper de la Frontera
Reclamações, xingamentos e outros, favor enviar para:

17 comentários:

Camata disse...

Agora ta explicado. Pelo visto o problema não é a moto ser japonesa, o problema é a moto não ser HD. AIUhauihAAIuhA Eu tenho uma relação parecida com musica. Se não for rock, é dificil de engolir. Com moto eu sou até tranquilo, sendo custom, a possibilidade de ganhar meu sorriso é quase certa. Ou seja, se não for... também é dificil de engolir. aIUhaUIHAuih

ROTA 282 MOTO CLUBE disse...

Aeee Big, "vamo polemizá"!!! Eu devo ser o cara que anda de japa que mais se diverte lendo você. Viva as bostas, viva as merdas. Dê sua alma a uma moto, não se compram almas em motos de vitrine. Abraço.

Nando Favero

karuna disse...

...”favor inserir “da minha mulher”...
Cara, já era!!!! ela já havia lido e deve ter ficado magoada.. :(

UFA!!! Quer dizer que se eu encontrar você na estrada, você fala comigo? Mesmo com uma puta/máxima/irresistível BMW?... :)

Você é meu amiguinho... ;)

Hadys disse...

Para mim não importa a origem ou nacionalidade. Só não suporto moto nova !!
kkkkk

Bill Custom Motorcycles disse...

Gosto do produto final exclusivo, ter algo que saiu do mesmo jeito quando aprovado no controle de qualidade da fabrica pra mim é o mesmo que ser massificado, customização é arte expressando a personalidade, é a continuação da pica, claro que importa sim a marca e o modelo, pois se tratando de trabalho, investimento e criatividade, não dá pra gastar vela boa com defunto ruim, experiências próprias,rsrsrs, sempre considero a todos mesmo que a moto seja uma Hao Bao ou o motociclista o Sonny Bager, não nasci pra julgar e sim pra passar a serra e soldar tudo de volta de um outro jeito e sair pra rodar.
So sei que o Big com essa mania de causar polêmica vai queimar nos cromos dos escapes do inferno KKKKK
Hadys certa vez nos anos 90 comprei uma moto "Japonesa" 0km para customizar, desisti e vendi 15 dias depois para comprar 10 sucatas da decada de 70 e devolver lhes a vida, essa coisa da ferrugem entra no sangue pelas vias respiratorias, sinto cheiro de um quadrinho enferrujado ou daquele perfume caracteristico da gasolina que ali esteve a 10 anos atras e a reação acontece, falo isso pro meu psiquiatra mas ele não me entende! KKKKKK Abs

Old school disse...

esse texto tá uma bosta....mas eu gostei dele...como gosto da minha harley carburada que também é uma bosta....saca?

Filipe Pinhati disse...

KKKKKK, muito engraçado.
Eu só gosto de Dodges e acho os carros japoneses umas bostas. Os coreanos eu odeio mais ainda.
E viva o roquenrou!!!!

Fábio disse...

Não tenho nada contra as Japonesas...

Sabrina Sato, Daniela Suzuki, de preferência sem carenagem... hehehe

Motos? A única moto que conheço é a HD.

O RESTO é DENOREX (Parece mas não é).

Adorei o texto,Parabéns Big.

As japetes podem espernear e esbravejar que, continuarão sendo pilotos de sucatas feias sem prestígio, sem moral e sem história.

Vamos lá... ESPERNEIEM!!!! HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

Zart disse...

Eu gosto de all star, que tb é uma bosta...mas eu gosto!

Fábio disse...

Babem JAPETES!!!!!

http://g1.globo.com/globo-news/mundo-sa/videos/t/todos-os-videos/v/harley-davidson-aposta-na-singularidade-para-conquistar-quem-quer-produtos-exclusivos/1843322/

Unknown disse...

Hittler tb gosta de HD...

http://www.youtube.com/v/nUY-H3vWhzY&hl

Guilherme disse...

EU gosto das Japas(Custom) como gosto e muito p/ falar a verdade das HDS , curto ALL Star, e muito Rock N Roll...Curto pegar a estrada e sentir o vento na cara e no peito e como alguns dizem na alma, o que vale é o espirito de ser motociclista...
O que não curto p/ falar a verdade e acho uma merda grande é ver muito MotoBoy trajado de Harleyro ser o bolsal de HD de domingo...mas como as japas, americanas, chinesas e o escambau ..... Nada é perfeito mesmo....

ROTA 282 MOTO CLUBE disse...

Oia tchê! Na real (lê-se reále com pouco ênfase no último e), o que me preocupa é que os posers deixaram as CBRs, SRADs e R1s de lado e estão investindo nas HDs polpudas e nas calças de couro atochadas. Concordem, anda crescendo a quantidade de posers repartindo o rêgo com uma calça de couro ultra stile.
Falando em dodges, uhuuuuuullll...
O que tenho na garagem vocês babam... Dodge, Maveco, Landau, Opala, Gordini, Opel... pena que tudo do meu cunhado. hauehuaheuahuehauheuahuehauh
Durma-se com um barulho desses...

Bill Custom Motorcycles disse...

Num sei, só sei que no final da decada de 80 em uma roda de amigos comentavamos sobre a volta das importações e claro surgiu o comentario sobre as HD, certa altura um das antigas, que até então só escutava soltou o verbo dizendo que ter uma Harley era pior do que levar chifre de mulher feia, eu repiquei dizendo que o absolutismo é burro,mas como não entendo de mulher feia até hoje mas já tive algumas Harleys concordo com o amigo no sentido figurativo da coisa, Harley é uma caixa de parafuso espanado, o bom é que a mulherada bonita não sabe disso! Hoje se fosse pra ter uma HD, novamente, so se for uma Harley Panhead 48 wishbone, bobber.
To pensado quem sabe, mas ainda fico encucado com o lance do chifre da muié feia...

Jason's Adventures disse...

nao tenha nada contra japa, desde q seja cada coisa no seu lugar. Acho as cafe racer vindo de japa muito legais, até umas bobber. O problema sao as customs. Minha esposa, q é mais biker dq a maioria dos bikers q conheço (o Lord e o Lobo nao me deixam mentir) diz que "Comprar moto japonesa é como comprar bolsa chinesa falsa Louis Voulton pelo preço de original, tipo, parece, mas nunca será!" Mulher sábia

duda bueno disse...

Cara, eu pensava assim.
Ja tive a viraguinho e intruder 125 por motivos obvios: não tinha grana pra harley. Ate que um dia eu tive... E sou o feliz proprietário de una hugger 2001. Pra mim, moto que prestava era so a harley.
Nos últimos anos vivendo em Barcelona eu aprendi a respeitar e admirar outras motos (as pessoas sempre respeitei).
Existem muitissimas hondas dos años 70, as kawa KZ pra não falar das clásicas inglesas... BSA, Triumph, vincents e muitas outras... E BMW, ducatis... Cara, cheguei a uma conclusao: amo andar de moto... Foda-se a marca... Más isso sou eu
Grande abraço

Rapouso disse...

sim, eu tenho uma moto que outrora teve algo da Dafra e hoje por kustom não tem mais nada, e tenho mais tempo de estrada do que muito coxinha com aquelas indy todas carenadas que só saem um fim de senama (se não chover é claro).

mas em fim, sou peixe pequeno ainda, e meu caminho para uma harley ainda é bem longo, mas nós vamos aí.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...