terça-feira, 31 de julho de 2012

Time Travel



Nem sabia que o Hadys ia escrever o texto abaixo (Cut Down) mas ontem estive em Campinas para resolver umas coisas e acabei indo na casa de uma pessoa que me proporcionou uma viagem no tempo indescritível, e apesar de indescritível vou tentar descrever aqui em palavras.

Tenho andando com interesse em motores V8 e tal, pouco tempo para escrever aqui no LoM mas esta “aventura” vale a pena!

Na casa deste camarada, o Vieira, o mesmo me mostrou uma série de carros antigos, mas em especial um Ford, seu xodó.

O carro, da foto abaixo, é quase único, existem apenas uns sessenta deles NO MUNDO TODO! É o primeiro V8 da Ford, Ford Roadster V8 1932 é o nome completo da criança, se não me engando, Flat-Head com válvulas laterais, como nossas Harleys dessa mesma época. Só um detalhe interessante, Bonnie e Clyde, os famosos assaltantes, usaram um modelo desses para fazer seus roubos, inclusive há uma carta deles dizendo que era o carro perfeito para fugir da polícia, mais tarde acabei entendendo o porquê dessa afirmação. Essa carta está no museu da Ford nos USA.


Achei o carro lindo, pense a perfeição nos acabamentos e na restauração. Parece realmente zero quilometro. Também, um carro desses tem que ter um dono cuidadoso.

Acontece que o Vieira mora em um lugar um pouco afastado e eu havia pedido para o táxi que me levou lá me esperar na porta pra me levar ao aeroporto na volta, e para nossa surpresa, quando saímos na porta o táxi não estava mais lá. Então o Vieira disse muito gentilmente que me levava até o ponto de táxi mais próximo, o que eu agradeci, pois estava atrasado para o vôo, só que para minha surpresa em vez dele me levar para a garagem e sair em um carro moderno, o mesmo me levou na direção do Ford Roadster, pense minha cara de surpresa!

Abriu o porta malas que na verdade é um banco extra, tipo o carro do Pato Donald, onde coloquei minha mala. Depois entrei no carro e na hora de fechar a porta fiquei impressionado com a facilidade com que a mesma fechou! Logo o Vieira apertou o botão de Start, e eu esperando um monte de pipoco, fumaça e falhas veio uma ligada de primeira e uma marcha lenta perfeita, barulho de V8. O primeiro V8 de uma geração que dura até os dias de hoje.

Saímos pra rua, e foi ai que entendi o que Bonnie e Clyde afirmaram. O Vieira acelerou pra valer, e foi essa minha maior surpresa, um carro de OITENTA ANOS acelerar tão forte quanto um carro novo, dos dias de hoje! Fiquei louco! Perfeito! Me deu vontade de ser bandido dos anos trinta. Arriscava fácil fugir da polícia num desses!!!!

Vieira, obrigado!!!


Big Chopper de la Frontera

Um comentário:

Anônimo disse...

Só faltou guiar né ... Demais!
Nani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...