terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

We Will Rock

Tattoos make me horny...




ARQUIVO DO LEITOR: Estradas Brasileiras

Mais uma do Fábio! Dessa vez numa Rodovia muito louca, aqui no Brasil mesmo, em cima de uma balsa
em uma “estrada” sobre o rio Araguaia, divisa entre Tocantins e Pará. Nesse ponto aí, atravessando de XAMBIOÁ-TO (Local da guerrilha do Araguaia), para o Pará, cidade de São Geraldo do Araguaia.

A foto foi feita quano o Fábio estava vindo do Brasília Motocapital em 2011, rodando 3060Km.

Segundo o próprio, esse rio é o Majestoso Araguaia e à frente o estado do Pará.


Obrigado pela foto, fantástica!

Big Chopper de la Frontera

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Capacetes Cheap Choppers customizados




Os cascos acima são da Cheap Choppers by Lord customizados pelo Circumano Design. Faça o seu.
O mais legal é que além de se divertir, terá um capacete exclusivo e único. Como diz o Lord, "customize-se".

Gravado em Pedra



Encontrei essa placa depois de um vôo de doze horas e meia, num aeroporto no velho mundo. Você chega fudido, cansado, come mal durante a viagem, seu vizinho no assento ao lado ronca igual um porco mas dorme, quem não dorme é você, suas pernas e seus pés tem uma embolia porque depois de duas horas sentado naquele banquinho de merda já não chega mais sangue lá embaixo, nesses aviões modernos se não for na primeira classe mais parece que a gente viaja num porão de navio.

Você chega ao destino e ainda tem que passar por uma fronteira que vão te fazer perguntas como se você fosse uma prostituta que quer passar o resto da vida nesse país, ou um terrorista que pretende explodir o primeiro metrô da cidade, e eles olham seu passaporte como se fosse um papel higiênico; usado.

Depois disso ainda tem que descobrir onde sua mala foi parar, ela está lá em algum lugar, mas não aparece.

Você acha sua mala, mas aí tem que sair e é revistado novamente por políciais com o humor de um Rottweiler que nunca viu seres humanos, e eu, com meus anéis e meu casaco com o símbolo de um crânio com dois cintos de balas pendurado não é a visão mais agradável para esses sujeitos, sou um convite vivo a ser revistado por completo antes de colocar um pé nesse país.

Enfim, a gente passa por tudo isso mas acaba saindo dessa parte “internacional” do aeroporto e chega de fato ao destino, e seu corpo dá uma espécie de relaxada, e todo o cansaço vem de repente, mas você finalmente chegou.

Aí comecei a andar pelo aeroporto, devagar, tranquilo e sem pressa, em direção ao setor onde está o estacionamento, e para chegar lá passa-se por um lugar estranho, é um salão, um salão muito grande, uns cem metros de salão todo fechado e sem janelas, o teto tem uns seis metros de altura, há uma porta de entrada e na outra extremidade, longe, há uma porta de saída, o salão é escuro, milhares de leds no piso, todos uniformemente distribuídos dão pouca luz ao lugar que tem um clima de ficção científica, do teto sai um vapor que some no ar a meia altura entre o teto e o chão, muito louco, você vai caminhando, escutando o eco dos seus passos, e de repente no meio do salão, no meio do seu caminho entre a porta de entrada e a porta de saída, há uma placa de mármore que corta a homogeneidade de todo o piso do salão, que é todo igual e a única coisa diferente no piso é essa pequena placa, e nela está escrita, gravada no mármore, uma frase.

Você pára pra ler, nesse estado meio catatônico em que você se encontra depois de uma viagem dessas, e a placa diz:

"Todos os passos que você deu em sua vida, te levaram até aqui, agora!"

E bicho, vou te dizer, é muito louco, fiquei parado ali, no meio daquele salão vazio de tudo,  num ambiente estranho, num estado estranho, olhando para o chão, pra essa placa, e depois de ler isso você cai na real, é como se alguém te desse um tapa na cara dizendo: ACORDA!!! Você realiza que você está há mais de dez mil quilômetros de casa, e passa pela sua cabeça o que você está fazendo ali, como você foi parar ali, e toda sua vida passa pela sua caxola em um pequeno instante, é quase como a sensação dos milissegundos anteriores a um acidente mortal, pra quem já teve um sabe como é, sua vida toda passa na sua cabeça em milésimos de segundo, e realmente você pensa em todos os passos que você deu na sua vida e como você chegou até ali, parado em frente aquele mármore, em um país distante em algum lugar muito longe de qualquer lugar.

E então me lembrei que foi a mesma sensação do dia em que comprei a minha primeira Harley, cheguei com a Sportster em casa nesse dia, parei na garagem, desliguei o motor e olhei pra ela, com aquela sensação de que tinha sido a coisa mais notável e importante que eu tinha feito na minha vida até ali, até aquele exato momento,  e fiquei olhando pra ela, pensando em todos os passos que eu tinha dado na minha vida pra chegar até ali. E isso nunca mais acabou.

Toda Harley devia ter essa frase escrita no tanque, pra que todo dia que chegassemos perto dela, nos lembrássemos de que todos os passos que demos em nossas vidas, nos levaram até ali, na frente dela.

E eu acho que isso é uma das coisas que me diferenciam de um poser, de um HOG, de um cara que sobe na moto, dá uma volta, tira uma onda de motoqueiro, curte um pouco, volta pra casa e dorme.

Cada vez que eu vejo minha moto, me lembro de todas as coisas que fiz na vida e que me levaram até ali, e só depois disso é que subo na moto. E então o meu passeio é, por definição, bem diferente desse outro sujeito.

Todos os passos que dei na minha vida me guiaram até aqui, e eu sou isso, e isso te define.

E não é algo passageiro, é indelével, como as frases escritas em pedras.

E não temos como desandar nossos passos.

Eles já estão dados.

Abs,

Big Chopper de la Frontera




PS: Esse abaixo é o salão onde passamos para encontrar essa pedra...



Going Nowhere Fast





Think Green






Aprendizado do Lanhado



Curva



Ainda dá pra melhorar regulando as plataformas. Foto catada por aí.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Maybe there ain't nothing else.




Aumenta o som

MOTORDROME




Fotos Boas no Estradas Brasileiras - Aguardem



Realmente o pessoal está se superando com as fotos do Estradas Brasileiras!

As próximas duas que sairão aqui no blog são alucinantes, uma do Fábio na terça que vem (dia 28/02) no norte do país e outra do Cláudio, na primeira terça de março (dia 06/03), rodando no sul do país, ambas em Estradas Brasileiras beeeem diferentes! Fora do comum!

AGUARDEM

Abs,

Big Chopper de la Frontera
fronterahd@gmail.com

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Log Cabins



Hadys, meu herói...




Quando crescer quero ser igual a você.

Minto.

Quero apenas ter as suas Harleys, rs...

Martelo






Thinkable...



Wake up!

And welcome to our world.

Big Chopper de la Frontera

Feliz Ano Novo Brasileiro!



A única coisa que eu sei desse Carnaval é que a Mulher Maravilha pousou o Avião Invisível aqui no gramado de casa, e pulamos até passar mal.

Essa semana não devo conseguir evitar saber que a bateria de uma escola fez isso, que a passista de outra escola fez aquilo. Aqui é o Rio de Janeiro, e por mais que tente, alguma informação relevante dessas aparece.

Mas nem detesto carnaval não. Mulher adora carnaval. Eu adoro mulher. Eu adoro como mulher adora carnaval. Se a trilha sonora fosse um pouquinho melhor, eu preferia. Fora isso, sem problemas.

Pra muita gente, o ano começa agora.

Se é teu caso, bem-vindo a 2012, "O Memorável".

Acompanha aqui, que tem um bocado de coisa interessante acontecendo.


Feliz Ano Novo Brasileiro.


Lord.

FELICIDADE É...


Ser parado na estrada pela PRF, ter placa lateral, nenhum espelho retrovisor, capacete Cheap Choppers, nenhum documento em dia, nem a carteira, mas descobrir que o policial só queria dar uma olhada na motoca e trocar uma idéia...

Abs,

Big Chopper de la Frontera
fronterahd@gmail.com

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Carnaval


Festa Pagã

Abençoada pelos anjos

E vamos lá ...

KFC. Este sábado.



http://manuaisdolord.blogspot.com/2011/05/kfc.html
lord@lordofmotors.com

BMW

Kaká, não é preconceito...

Mas segue aí uma BMW que fosse talvez... aceitável.

Só talvez...


Abs,

Big Chopper de la Frontera
fronterahd@gmail.com

PS: E corrigindo meu post anterior, é Kahuna, e não Karuna.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...