sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Brumário de Luís Bonaparte

"Durante o mês de junho, todas as classes e todos os partidos se uniram no Partido da Ordem contra a classe proletária, considerada o partido da anarquia, do socialismo, do comunismo.

Eles 'salvaram' a sociedade dos 'inimigos da sociedade'. O lema repassado por eles às suas tropas consistia nas palavras-chave da antiga sociedade: 'Propriedade, família, religião, ordem' (...)

A partir desse momento, sempre que qualquer um dos numerosos partidos que haviam se conglomerado sob esse signo contra os insurgentes de junho tenta impor na arena revolucionária o interesse da sua própria classe, ele sucumbe diante do mote: 'Propriedade, família, religião, ordem'.

A sociedade é salva sempre que o círculo dos seus dominadores se estreita, sempre que um interesse mais exclusivo é imposto a um mais amplo. Toda e qualquer reivindicação da mais elementar reforma financeira burguesa, do mais trivial liberalismo, do mais formal republicanismo, da mais banal democracia é simultaneamente punida como 'atentado contra a sociedade' e estigmatizada como 'socialismo' (...) tudo em nome da religião, da propriedade, da família, da ordem."

K. M., maio de 1852

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...