quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Customizações e Redes Sociais - Haters





As redes sociais deram voz aos imbecis, afirmou um dia Humberto Eco.

E imbecis, aquartelados por trás de seus metralhantes teclados, tendem a ter uma postura ácida, destrutiva, e por vezes violenta frente a qualquer coisa que não se adeque a seus limitados conceitos.

Um customizador (em épocas de redes sociais) é um baita candidato a saco de pancada de frustrados virtuais.

Um cara que tenha sucesso na indústria está a um passo de ser considerado "vendido" por um moleque wanna-be-trend-setter. Um novato com seu primeiro trabalho corre sério risco de chamado de "tosco" ou "sem referências"... Não importa o que você construiu, HATERS WILL HATE.

Conforme-se com isso, vais tomar críticas escrotas, independente do trabalho que produza.

Assim, aprender a lidar com imbecis é fundamental.

Algumas técnicas que uso podem ajudar. Decidi compartilhá-las com vocês.


Primeira Técnica: 

IGNORE.
Lembre-se que  crítica escrota muitas vezes é fruto de alguma frustração ou angústia pessoal. O cara aponta pro seca-suvaco de 16 polegadas na sua R1, mas no fundo a reclamação dele é muito mais referente a não ter tomado aquele picolé de menta aos 12 anos, ou à avó não ter deixado ele soltar pipa no ventilador da sala. 
Esquece esse puto. Toca teu barco.

Segunda Técnica:

RESPONDA INBOX.
Imbecis também são seres humanos. Provavelmente  fato dele ter tanto tempo pra ficar criticando o trabalho dos outros é resultado de se sentir solitário. Ele quer se conectar, de algum jeito, a você.
"Fala fera, vi seu comentário sobre a estupidez de colocar um seca de 16" na R1. Concordo contigo, nada a ver. To fazendo contato contigo pra agradecer a dica. Na próxima moto vou fazer diferente..."

Um imbecil fica doido com essa postura. Na cabeça dele ele estava jogando uma isca pra você morder. Você confunde o cara, e o deixa na ilusão de que a opinião dele foi importante. Muito provavelmente ele vai procurar outro alvo. Ainda existe a possibilidade dele virar seu cliente no futuro. (Cobre caro)

Terceira Técnica:

RESPOSTAS CURTAS
O hater mandou textão detonando seu trabalho. Criticou a ideia, o projeto, a execução, o resultado...
Desfez de sua habilidade, definiu detalhadamente tudo que odiou da tua moto... 

A melhor resposta pra esse cara é algo como: "Não entendi seu ponto de vista". Com essa resposta, ele vai se obrigar a detalhar a opinião. Provavelmente (nem todo mundo tem o poder da palavra) vai fazer um textão confuso explicando o comentário amargo. Lembre, ele quer atenção.

E qual a resposta pra esse novo textão? Algo tipo "Como assim?"

Quantas vezes o cara vier com explicações, responda de maneira semelhante, respostas curtas pedindo explicações. Você vai ver os argumentos do cara irem se desfazendo, e logo ele para de encher o saco.


Quarta Técnica:

ÀS VEZES É IRRESISTIVEL ENCARAR.
Acontece com todo mundo. Não dá pra ficar quieto, e você decide debater.

Só não esqueça, você está FAZENDO e os caras estão só CRITICANDO. Nego vai competir entre si pra ver quem faz o comentário mais escroto. Imbecis são assim. Responda mantendo isso em mente, e se a discussão ficar quente demais, volte à Primeira Técnica.


Quinta Técnica:

MANDA SE FUDER.
Debater, explicar, discutir, tudo tem lá seu mérito. Mas mandar se fuder não tem preço!

Muitas vezes, só de olhar o perfil do cabra, já se vê que não passa de um imbecil terminal. Não perca seu tempo. Manda se fuder e segue em frente.



Redes sociais são excelentes plataformas para divulgação de seus trabalhos. Saber usa-las hoje é fundamental para qualquer tipo de negócio. 

Dedique-se à sua Arte, continue pesquisando, estudando, aprendendo. A melhor resposta às criticas escrotas é um trabalho de que você se orgulhe.

Os cães latem mas a caravana passa.





terça-feira, 3 de outubro de 2017

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...